O VERDE COMEÇA COM O AMARELO

Quando o Coldplay estabeleceu como meta fazer sua turnê ter a menor emissão de carbono possível, eles precisaram encontrar um parceiro com experiência em soluções logísticas sustentáveis.

É por isso que o Coldplay escolheu a DHL como seu Parceiro Oficial de Logística para a Turnê Mundial Music Of The Spheres.

A DHL tem orgulho de se juntar ao Coldplay na estrada como seu Parceiro Oficial de Logística, e apoiará a banda em sua missão de reduzir suas emissões de carbono em mais de 50%, levando a você uma turnê que tem energia verde... e amarela.

Official logistics partner

OFERECENDO EXCELENTES MÚSICAS DE FORMA SUSTENTÁVEL

Quando uma das principais bandas do mundo quis realizar uma turnê mais sustentável, eles recorreram à líder global em logística.

Com o conhecimento da DHL em soluções logísticas sustentáveis, podemos oferecer ao Coldplay uma abordagem multifacetada para minimizar as emissões de CO2 da turnê.

Seja reduzindo as emissões de frete usando biocombustíveis avançados, utilizando uma frota de veículos elétricos e caminhões movidos por resíduos orgânicos ou compensando as emissões de carbono em toda a nossa cadeia de suprimentos, nosso GoGreen Plus Service oferece à banda soluções inovadoras para ajudar a minimizar os impactos ambientais das turnês.

LEVANDO MÚSICA AO VIVO PARA O MUNDO

A DHL apoiará o Coldplay durante toda a turnê mundial Music Of The Spheres, ajudando a banda a ir de A até X&Y e Z da maneira mais sustentável possível.

Durante esse período, vamos auditar a nossa abordagem para garantir o cumprimento da nossa promessa e a redução de nossa produção de carbono.

Fique atento a este espaço, pois, todos os nossos esforços serão registrados em um exclusivo documentário dos bastidores detalhando os desafios logísticos de se fazer uma turnê mundial da maneira mais sustentável possível. Até lá, „Viva la Vida“.

Music Of The Spheres World Tour

ASSISTA NOSSO NOVO ANÚNCIO COM COLDPLAY

Nossa estratégia de sustentabilidade

A DHL está aumentando o ritmo de sua descarbonização planejada. Para este fim, o Grupo investirá um total de 7 bilhões de euros (Opex e Capex) nos próximos dez anos em medidas para reduzir suas emissões de CO2. Os fundos serão dircionados, em especial, para combustíveis alternativos de aviação, para a expansão da frota de veículos elétricos com emissões zero e para edifícios neutros do ponto de vista climático

Ao longo do caminho rumo à meta de emissões zero até 2050, que já está em vigor há 4 anos, a empresa está se comprometendo com novas e ambiciosas metas intermediárias. Por exemplo, o Grupo se compromete, como parte da aclamada Iniciativa Science Based Target (SBTi), a reduzir suas emissões de gases de efeito de estufa até 2030, em conformidade com o Acordo de Paris.

Quero saber mais